Vigília Amazônia Viva!

VIGÍLIA AMAZÔNIA VIVA!

Por Rafael Soares de Oliveira

 

No princípio era o movimento.

O sopro

O balanço

O toque

O sentir de que tudo é um só.

A mistura nos deixou inseparáveis.

Terra, Corpos, Folhas, Troncos…Molhados pela doçura e pelo sal.

[Ir dando as mãos suavemente]

Ah… essa gostosa sensação de tudo.

Ah… a imensidão tão simples: de uma mão que se ligou à outra,

De uma ligação que nunca se perdeu.

Ah… como somos um, como somos vida pela sintonia, sinfonia de tudo…

Ah… era tudo tão bom, que ousamos chamar de sagrado,

de casa comum,

de lugar onde ninguém fica de fora,

colo da nossa irmandade, mundo Amado.

Um só corpo! Terra, Vegetais e Humanidade!

 

Mas esse nosso corpo sofre!

 

Gente como nós vai cortando nossos laços. A vida, segue aos pedaços.

A saga humana domina, com poder de morte. Tritura a vida e sangra em sacrifício nossas vitalidades.

O desejo egoísta, o erro de enriquecer e consumir sem fim vai ferindo e recortando os corações  que nos levam alimentos  de Amor e de Liberdade.

 

Um só corpo e muitos corações! Eles bombeiam o líquido da vida: pelo ar, pela terra, pelas águas!

 

Coração Ártico!

Trabalha por nós.(responsos)

Coração Antártico!

Trabalha por nós.

Coração atmosfera, céu

Trabalha por nós.

Coração Oceanos e águas

Trabalha por nós.

Coração Amazônia!

Trabalha por nós.

Corações humanos!

Livrem-nos do mal.

 

Pulsa a Amazônia em sofrimento. Se mexe na dificuldade de queimadas.

Na morte e contínua ameaça aos povos que a deixam cuidada.

 

Povos do Xingú!

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto]

Povos de toda a Amazônia brasileira

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

 

Povos irmãos da Amazônia Ameríndia

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

Todos os Povos Indígenas do Brasil

Ribeirinhos da Amazônia!

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

Seringueiros e seringueiras!

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

Quilombolas da Amazônia!

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

Vivam! Trabalhem por nós! (Respondemos junto)

 

Choremos em nossos corações pela Amazônia, coração e irmã amada.

 

Por cada árvore derrubada.

Por cada futuro e criança ameaçada.

Por cada terra violada!

 

Que nosso corpo Planeta Terra viva! (Lemos junto)

Contra toda sanha da mineração de suas entranhas pelas ganâncias tamanhas!

 

Que nosso corpo Planeta Terra viva! (Lemos junto)

Contra toda maldade moto-serra.

 

Que nosso corpo Planeta Terra viva! (Lemos junto)

Com seus corações agitados de Amor!

 

Amazônia, Amazônia

Roga por nós

Guardiões da Amazônia!

Roguem por nós.

 

Que toda chuva e cinzas não nos assolem! (Lemos junto)

 

Que todo homem se curve à bondade!

Que toda mulher fertilize nossos sonhos.

Que a Amazônia pulse pelo ativismo de todas nós! Não paremos!

 

Não paremos nossa capacidade de Amar!

 

Salvemos nossas vidas, salvando a Amazônia!

 

Amazônia com seus POVOS, seus ares, suas terras e minério…

Que um dia possa nos perdoar!

 

Te amamos Amazônia!

E por ti não deixaremos de lutar!

 

Que o fogo das nossas mãos seja apenas luz entre irmãs e irmãos!

 

Axé, Amém… [bênçãos diversas e finais.]