Todas as homenagens à CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço

KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço

Foto: Anivaldo Padilha, associado de KOINONIA, & Eliana Rolemberg, diretora executiva da CESE (2000-2013), na Jornada Ecumênica de 2005, Mendes (RJ)

Hoje é um dia em que todos os brasileiros que desejam uma sociedade mais justa com garantia de direitos para todas e todos, deveriam parabenizar a Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE). Há quarenta anos nascia uma organização que nesses anos já apoiou mais de 10 mil projetos de organizações populares, melhorando a qualidade de vida de aproximadamente 9,5 milhões de pessoas.

A instituição tem sede em Salvador, mas atua em todo o território nacional. A CESE afirma que fortalecer a sociedade civil é um elemento fundamental para a transformação do País. Nós, de KOINONIA, somos e fomos fortalecidos pela CESE, na dimensão ecumênica que partilhamos. A CESE é uma organização parceira que está presente em nossa história. Estivemos juntas em diversas ações, como as Jornadas Ecumênicas. CESE, KOINONIA e outras organizações parceiras se mobilizaram de forma coletiva e democrática para promover justiça e paz expressas nos grandes eventos que foram as Jornadas.

Parabenizamos a CESE por beneficiar populações rurais e urbanas que vivem as mazelas de um país desigual, mas lutam pela afirmação de direitos. O apoio da organização a movimentos sociais populares, associações, sindicatos, grupos de base, cooperativas, fóruns e articulações, organizações não governamentais, organizações ecumênicas, setores de diaconia e ação social das igrejas intensifica a busca pela transformação social.
 

A política de apoio a pequenos projetos da CESE, voltados para o desenvolvimento comunitário, beneficia de forma estratégica o fortalecimento de diversos grupos, como os quilombolas, um dos públicos principais das ações de KOINONIA. Um estudo do impacto da cooperação ecumênica mostrou que o trabalho de KOINONIA e CESE com quilombolas fortaleceram a afirmação da identidade quilombola e racial das comunidades que passaram a reconhecer e lutar mais pela garantia dos direitos.
 

São quarenta anos de defesa dos direitos humanos, desenvolvimento e justiça que devem ser celebrados vislumbrando muito mais anos de luta.

Parabéns à CESE!
 

Visite o site da CESE e participe das comemorações de 40 anos da organização 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.