Segunda edição de “Theologia Publica”

Manoela Vianna

Foto: Manifestantes pedem que o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Pastor Marco Feliciano, renuncie ao cargo / Valter Campanato/Agência Brasil

Apresentamos o segundo número da coluna "Theologia Publica com Zwinglio dias:

Theologia Publica (03 de maio de 2013)

“Transcrevemos nesta edição de Theologia Publica o Pronunciamento do Conselho Coordenador da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil acerca dos acontecimentos gerados pela ocupação da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara de Deputados pelo deputado Marco Feliciano. Mais do que prender-se à contravertida personalidade do deputado-pastor, este pronunciamento se ocupa em delinear as dimensões públicas da posição teológico-política desta igreja, desde seu surgimento, como instituição eclesiástica no campo religioso brasileiro. Ao mesmo tempo em que defende a laicidade do Estado brasileiro condena, de forma contundente, a manipulação do sentimento religioso, por parte de certos grupos ditos “evangélicos” e a pretensa e auto-outorgada representatividade do segmento de fiéis cristãos não-católicos por parte de um grupo de deputados.”

Clique aqui e acesse a coluna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.