Secretaria de Saúde de SP reconhece parceria com KOINONIA desde 2003

Maria Clara Gianna Ribeiro – Diretor Técnico de Saúde III – Coordenador do Programa Estadual DST/Aids

Ofício CRT-DTD N. 041/2014

Assunto: Histórico da Parceria do
Programa Estadual de DST/AIDS de SP
com KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço

Desde 2002, o Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo conta com um Grupo Técnico – Grupo de Trabalho AIDS e Religião – que tem por missão construir formas adequadas de realizar ações de prevenção às DST/AIDS com grupos religiosos.

Em 2003, KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço passou a integrar o Grupo após um seminário sobre sexualidade e religião realizado pelo Instituto de Estudos das Religiões, na cidade do Rio de Janeiro. Em 2014 a parceria completa 11 anos.

A participação de KOINONIA foi fundamental para a construção de conhecimento sobre este tema e nos trabalhos desenvolvidos com diversos municípios do Estado de São Paulo.

As primeiras atividades realizadas conjuntamente com KOINONIA foram as reuniões do GT Religiões. Este é composto pelo Programa Estadual DST/AIDS-SP, Programas Municipais DST/AIDS do estado de São Paulo, ONG, Grupos Religiosos e Universidade. KOINONIA é uma das integrantes deste Grupo.

O GT Religiões organizou em 2004 o “II Seminário Sexualidade e espiritualidade Frente a saúde”, durante o evento KOINONIA partilhou seus conhecimentos de AIDS e Igrejas com religiosos e profissionais de Saúde dos Programas Municipais de DST/AIDS do Estado, trazendo experiências de oficinas já realizadas e posicionamento dos Conselho Nacional de Igrejas Cristãs e Latino Americano de Igrejas sobre o tema.

A partir deste seminário o GT Religiões torna-se referência técnica para este tipo de trabalho e passa a auxiliar municípios a organizarem suas ações. KOINONIA passa a fazer parte na discussão de elaboração de estratégias e na realização das oficinas e seminários municipais e regionais em conjunto com o Programa Estadual de DST/AIDS assim como outras ONGs, municípios, grupos religiosos e universidades.

Em 2005 lançou em parceria com o Programa a publicação “Aids e Igrejas: um convite a ação” que foi distribuídos para os 145 municípios que concentram o maior número de casos no estado e diretamente para várias Igrejas Cristãs que participaram de atividades em parte destes municípios. Esta publicação sensibilizou muitos religiosos a dar início a este trabalho em suas comunidades e abriu portas para os profissionais de saúde estabelecerem parcerias.

Em 2007, organizou junto ao GT no âmbito estadual a “Oficina de Capacitação de DST/Aids para Grupos Religiosos” e em 2009, o “III Encontro Estadual AIDS e Religiões: sexualidade e espiritualidade frente à saúde”.

Parceiro constante e respeitado pelo Programa Estadual DST?Aids-SP elaborou em 2011 o cartaz “O apoio das lideranças religiosas no HIV AIDS incentiva o diálogo, promove a cidadania e uma vida saudável nas comunidades”. O material foi reproduzido e distribuído nos serviços de saúde e templos religiosos do estado de São Paulo.

Em 2012 auxiliou o Centro de Treinamento e Referência DST/AIDS-SP, sede do Programa Estadual DST/AIDS-SP, a organizar a implantação da assistência espiritual para a internação do hospital e participou da elaboração do curso de capacitação para os candidatos a voluntários deste trabalho. A implantação de assistência espiritual em um hospital de atendimento a pessoas que vivem com AIDS, pioneira no estado, servirá de modelo para Programas Municipais de DST/AIDS.

Em 2013 realizou oficinas do projeto “Fortalecendo Laços entre Jovens, Religião e Sexualidade” em parceria com o Programa Estadual de DST/AIDS-SP com jovens pertencentes a grupos religiosos na Zona Leste da cidade de São Paulo.

Em nenhuma ação desenvolvida com KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço houve repasse de recursos públicos estaduais.

MARIA CLARA GIANNA GARCIA RIBEIRO
Diretor Técnico de Saúde III
Coordenador do Programa Estadual DST/Aids 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.