Rio tem Ato Ecumênico e Inter-Religioso em Memória dos Mortos e Desaparecidos, no dia 2 de novembro

Convite final pq

Organizações da sociedade civil, religiosos e movimentos sociais promoverão no próximo domingo (2), a partir das 10h30, uma Celebração Ecumênica e Inter-Religiosa em Memória dos Mortos e Desaparecidos.

A homenagem acontecerá no Memorial do Cemitério Ricardo de Albuquerque, Zona Norte do Rio, construído a partir de um projeto do Grupo Tortura Nunca Mais. O monumento fica no local em que, durante o regime militar, havia uma vala onde foram encontradas ossadas de 14 militantes, misturadas aos restos mortais de cerca de 2 mil indigentes.

Com a celebração, as organizações promotoras buscam ainda chamar atenção para a necessidade de garantir o direito da sociedade brasileira de acessar informações sonegadas desde o regime autoritário e com isso responsabilizar criminosos impunes até os dias de hoje.

Entre os realizadores do ato estão o Grupo Tortura Nunca Mais – RJ; Ibase; Iser; Pastoral do Meio Ambiente da Arquidiocese do Rio de Janeiro; Budismo Primordial; Centro de Articulação das Populações Marginalizadas (Ceap); Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic); Diocese Anglicana; Serviço Inter-Franciscano de Justiça, Paz e Ecologia (Sinfrajupe); Sindicato dos Servidores da Justiça Federal (Sisejufe); Comissão de Combate a Intolerância Religiosa (Ccir); Movimento MOLEQUE; Comissão Estadual da Verdade – Rio de Janeiro; Rede Ecumênica da Juventude (Reju) e KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço.

Ato Ecumênico e Inter-Religioso em Memória dos Mortos e Desaparecidos
Quando: 2 de novembro, domingo, às 10h30.
Onde: Memorial do Cemitério Ricardo de Albuquerque: Estrada Marechal Alencastro, 1743 – Ricardo de Albuquerque Rio de Janeiro – RJ
 
Mais informações:
Tel.: (21) 3042 6445