(Re) Construção da Justiça

Helena Costa

Os(as) articulistas desta edição discutem a situação calamitosa do sistema judiciário brasileiro assinalando não apenas suas deficiências materiais e o caráter de precariedade de seu funcionamento mas, principalmente, sua incapacidade de realizar, em termos concretos, as altas determinações exaradas no conjunto dos documentos legais que balizam o ordenamento jurídico do país e que, infelizmente, apenas teoricamente, garantem a todos a proteção da Lei para a fruição plena de seus Direitos.

Trecho do editorial da revista Tempo e Presença 338.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.