Missão Ecumênica lança manifesto em apoio aos povos originários do Mato Grosso do Sul

Nos dias 07 e 08 de outubro, a Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE), o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) e o Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos (CEBI) coordenaram a “Missão Ecumênica em Apoio aos Guarani-Kaiowá”.

O objetivo da Missão foi prestar solidariedade incondicional ao povo Guarani Kaiowá, repudiar a CPI contra o Conselho Indigenista Missionário e reivindicar uma CPI sobre Genocídio dos povos indígenas no Mato Grosso do Sul.

Nesses dias, vimos e ouvimos testemunhos de sofrimento, mas também de esperança do povo Guarani Kaiowá. A comunhão que experimentamos com nossos irmãos e irmãs Guarani Kaiowá nos responsabiliza a denunciar e anunciar por todos os cantos do mundo o sonho, a dor e a esperança dos povos tradicionais do Mato Grosso do Sul. Também nos compromete a fortalecermos os movimentos e ações concretas em favor desses povos. Não podemos permitir que o silêncio e a indiferença nos tornem cúmplices de uma das maiores barbáries cometidas contra uma etnia indígena em pleno século XXI.

Confira, na íntegra, o manifesto da Missão Ecumênica em Solidariedade ao povo Guarani Kaiowá.