Missão Ecumênica de Apoio aos Guarani Kaiowá convoca ato em defesa dos povos indígenas, no MS

13690643
Ato acontece em frente à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, nesta quinta (14), às 10h.
Após ataques em sequência cometidos por ruralistas e com a omissão do Estado, instituições do Fórum Ecumênico ACT Brasil e organizações que lideram a Missão Ecumênica de Apoio aos Guarani-Kaiowá, convocam II Ato Ecumênico em defesa dos povos indígenas. A ação acontece nesta quinta (14), às 10h, em frente à Assembleia Legislativa em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.
 
O ataque mais recente aos indígenas aconteceu na última terça (12), deixando gravemente feridos por armas letais três indígenas. Os crimes ocorreram em meio ao processo de demarcação de terras dos povos indígenas na região de Caarapó. Os indígenas estavam acampados no “Tekoha-Guapoy” e foram atacados por pistoleiros que chegaram em quatro caminhonetes e um trator.
 
Este é o terceiro caso que envolve os Guarani-Kaiowá no último mês, na região de Dourados (MS). No dia 14 de junho, o indígena Clodiodi de Souza foi assassinado e outros seis indígenas foram baleados, incluindo uma criança de 12 anos.
 
“A situação se agravou profundamente. Houve o aumento de desrespeito e mais violações, com mortes indiscriminadas e violências na retirada de indígenas de seus territórios originários”, explica Rafael Soares de Oliveira, diretor executivo de KOINONIA, que participa do processo.
 
O objetivo do ato é denunciar
Há uma guerra em curso no estado do Mato Grosso do Sul. Segundo relatório do Conselho Missionário (CIMI), só entre o ano de 2000 e 2014, 390 indígenas foram assassinados no estado.
 
Além de denunciar este cenário, o ato busca sensibilizar a população da importância do apoio de todos na luta pela garantia dos direitos dos povos indígenas garantidos pela Constituição Brasileira de 1988.
 
Além do Ato, os membros da Missão se reunirão com lideranças e apoiadores da causa indígena no estado e participarão de encontro com o procurador do Ministério Público Federal do MS. Na sexta-feira (15), visitarão a região de Caarapó, Dourados (MS) e farão entrega de cobertores e roupas de inverno aos indígenas.