Incentivo ao diagnóstico precoce em contextos religiosos é aprovado em congressos

Carolina Maciel

O PSD aprova o painel "Incentivo ao diagnóstico precoce em contextos religiosos: Uma realidade em nossa sociedade", no IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST e Aids, no II Congresso Brasileiro de Prevenção das Hepatites Virais, no VI Fórum Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST e no V Fórum Comunitário Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST, que se realizará nos dias 28 a 31 de agosto, no Pavilhão do Anhembi em São Paulo.

O ano de 2012 assinala uma nova etapa no histórico dos congressos brasileiros de prevenção das DST/aids. Após incorporar, em 2010, as hepatites virais na forma de um congresso paralelo e específico sobre o tema, o congresso se engrandece com fóruns específicos para debater as questões em DST/aids da América Latina e do Caribe e as ações promovidas no âmbito comunitário. A realização desses quatro eventos constitui desafio e ao mesmo tempo oportunidade de diálogo entre tantos atores envolvidos na prevenção das DST/aids e hepatites virais.

A oportunidade maior está dada pela possibilidade de fortalecimento regional, dialogando perspectivas e prioridades de ação que fazem pensar a prevenção das DST/aids e das hepatites virais em todo o continente latino-americano. O desafio posto é o equilíbrio entre tão diferentes cenários e tantos atores sociais: organizações não governamentais e organizações governamentais; instituições de ação local, nacional e continental; conhecimento prático e conhecimento técnico-científico; pesquisadores e militantes da sociedade civil; serviços, programas, redes, lugares e contextos culturais e políticos diversos. O esforço em construir a programação desses quatro dias de evento busca conciliar todos os aspectos citados, proporcionando a cada participante selecionar diferentes trajetórias conforme seus interesses. As peculiaridades da resposta brasileira e latino-americana às DST/aids estão relacionadas ao tema central do congresso, que é "Sistema de saúde, redes comunitárias e o desafio de fazer prevenção".

Com informações Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.