Hoje é dia da África, que pra nós é dia de heranças

Por Rafael Soares de Oliveira

As infelizes que teimam em aparecer hoje ainda, nas vozes dos poderosos que mandam pessoas pretas entrar, se aglomerar, sofrer, adoecer e sobreviver. Para que as pessoas escravizadas mais fortes possam trabalhar mais e produzir mais pra eles enriqueceram enriquecerem e desfrutaram da saúde e de seus bens acumulados. Entrem nos navios negreiros! Diziam. Saiam de casa, trabalhem, se contaminem!! Dizem hoje. Eles não querem o genocídio total, querem que sobrevivam os/as fortes, a nossa força de trabalho, os braços fortes das pessoas sobreviventes.

Felizmente o dia da África lembra as heranças boas também. Da solidariedade entre diferentes, do cuidado com o corpo e com a natureza, das maravilhas que aprendemos, candomblecistas, da nossa religião, da nossa crença de que ninguém está só nesse mundo.

Somos unidade com a diversidade de todos animais, todos vegetais e todas rochas e águas.

Não temos saudades da África, não, porque nós somos África, nós trouxemos ela pra cá: viemos pretos e pretas escravizadas para um país colonizado, que acabamos por “colonizar” culturalmente tembém. Deixamos muito dessa terra Brasil do nosso jeito, aprendemos e ensinamos como sermos gente africana aqui. Nessa terra que os colonizadores chamaram de Novo Mundo, e que nós transformamos em Nova África. Hoje é dia da África e hoje é dia da Nova África aonde estivermos pretas e pretos. Estamos aqui e estamos lá, as candomblecistas pela nossa fé nos Orixás, pela nossa criatividade.

Falta muito para que haja justiça e paz lá e cá, mas não falta nada para que sejamos um, numa terra só! São muitas Áfricas e é tudo uma África só, sonhada para todas as pessoas: de abundância, de festa, de respeito e cuidado, muito cuidado com os mais velhos e velhas. Lugar de onde nunca saímos e que conectamos, em cada chuva, rio, vento, folhas, trovões e tempestades, maremotos e bonanças… e rezas e ceias, sagradas e profanas.
Sigamos na lida, na luta, na fé!

Parabéns África, parabéns Nova-África-Brasil pelo dia da África, que te pariu um país outra vez pelas nossas mãos.