Encontro Estadual de Comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro

Natasha Arsenio com edição de Manoela Vianna

Acontece de sexta a domingo o II Encontro das Lideranças das Comunidades Quilombolas do estado do Rio de Janeiro, em Araruama,Região dos Lagos. Durante os três dias, os representantes das comunidades das regiões Norte/Noroeste, Sul Fluminense, Serrana, Metropolitana e dos Lagos participam de diferentes atividades sobre a temática quilombola.O objetivo é debater e avaliarsobre o trabalho e as ações desenvolvidos, além de construir propostas para o próximo ano.

Também será apresentado o conteúdo de comunicação produzido de fevereiro anovembro de 2013,do projeto “Apoio ao fortalecimento político das comunidades quilombolas do Rio de Janeiro”, promovido por KOINONIA,com o apoioda Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e parceria da Associação de Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro (Acquilerj).

Ana Gualberto, assessora de KOINONIA, acredita que este trabalho tem contribuído para a aproximação das comunidades. “Hoje temos lideranças se reunindo e debatendo questões relativas não somente a uma comunidade, mas ao coletivo”, explica Gualberto.

São 29 comunidades confirmadas: Rasa, Baia Formosa, Maria Joaquina, Maria Romana, Botafogo, Caveira, Sobara e Preto Forro da Região dos Lagos; Alto da Serra, Campinho da Independência, Ilha da Marambaia, Santa Rita do Bracui, Sacopã e Pedra do Sal da Região Sul; São Benedito – São Fidelis, São Francisco de Itabapoana – Deserto Feliz, Barrinha, Lagoa Feia, Sossego, Quissamã (Machadinha), Aleluia, Batatal, Cambucá e Conceição do Imbé da Região Norte/Noroeste; Maria Conga, Feital, Boa Esperança, Tapera e São José da Serra da Região Metropolitana.

Participam também representantes da Seppir e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que apresentarão suas informações sobre os processos referentes às comunidades.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.