Comunidades negras tradicionais reunidas

Andrea Carvalho

No dia 04 de abril, 81 representantes de 57 de Terreiros de Candomblé de Salvador e Comunidades negras rurais do Baixo Sul da Bahia se reuniram para o primeiro Almoço de trabalho e Fraternidade de 2009, reunião promovida por KOINONIA para as comunidades negras tradicionais atendidas pelo programa Egbé Territórios Negros.

 

A reunião foi aberta em pequenos grupos com a coordenação dos representantes do curso de Identidade e Desenvolvimento. Esse curso foi realizado entre fevereiro e abril de 2009 com a participação de associações comunitárias de Terreiros de Candomblé e representantes das comunidades negras rurais do Baixo Sul da Bahia.

 

O objetivo dessa dinâmica de grupo era compartilhar a experiência do processo de formação e reflexões em torno da identidade em que foram discutidos temas como direitos humanos, políticos, econômicos, sociais, culturais, ambientais e reprodutivos.

 

O encontro prosseguiu com a oração feita por Laércio Sacramento, Tata do Terreiro de Jauá e membro do Conselho Inter-religioso do Programa. Em seguida, um representante de cada grupo apresentou para todos os presentes um resumo dos assuntos discutidos nos grupos.

 

Outro momento importante na reunião foi a tribuna livre, aberta à participação de todos para sugestões, denúncias, propostas, encaminhamentos e anúncios.

 

Fez parte da programação da reunião a 18ª edição do boletim informativo Fala Egbé, disponível em nosso site. Nesta edição você poderá ler mais sobre o Curso de Identidade e Desenvolvimento e a história do terreiro Ilê Axé Nassô Oka – Casa Branca, um dos mais antigos santuários brasileiros da religião de matriz africana e o primeiro terreiro a ser tombado como patrimônio histórico e etnográfico.

 

Encerrando a reunião, KOINONIA e todas as comunidades presentes lançaram o livro Identidade e Desenvolvimento – ação e pensamento de comunidades negras rurais, quilombolas e Terreiros de Candomblé, publicação organizada pela jornalista Manoela Mafra Vianna, que registra a reflexão a respeito de desenvolvimento protagonizada por comunidades de Terreiros de Candomblé de Salvador e comunidades negras rurais e quilombolas da região do Baixo Sul da Bahia. O livro já está à venda e pode ser solicitado pelo e-mail distribuicao@koinonia.org.br; custa R$11,00, incluídas despesas de correio.

 

O próximo almoço de confraternização das comunidades com KOINONIA está marcado para 29 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.