Calendário do projeto de apoio ao fortalecimento político de quilombolas do Rio de Janeiro

Manoela Vianna

O próximo fim de semana será de oficina do projeto “Apoio ao fortalecimento político e protagonismo das comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro”, promovido por KOINONIA e Acquilerj (Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro) com apoio da Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial). O evento acontecerá entre os dias 29 e 30 na comunidade de Santa Rita do Bracuí, em Angra dos Reis, e receberá quilombolas de toda a região Sul do estado. O projeto seguirá promovendo oficinas em todas as regiões do Rio durante o mês de julho. As datas e locais já foram divulgadas. Veja o calendário abaixo. Estão programadas três oficinas para cada região.

 Calendário de oficinas  

 

 

Calendário de oficinas

 

Primeira Oficina

Segunda Oficina

Terceira Oficina

 

Região Sul

Comunidade Santa Rita do Bracuí – Angra dos Reis

29 e 30-junho

 

 

Região Norte

São Fidelis

06/07/2013 

 

 

 

Campos dos Goytacazes

07/07/2013

 

 

Região dos Lagos

Comunidade da Rasa- São Pedro da Aldeia

12 e 13/07/2013

 

 

 

Comunidade de Maria Romana- Búzios

 

9 e 10/08/2013

 

 

Comunidade de Caveira/Botafogo-Cabo Frio

 

 

 

Região Serrana

 

27 e 28 –julho (Sab e Dom)

 

13 e 14/09/2013

 O projeto “Apoio ao fortalecimento político e protagonismo das comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro”  foi apresentado durante o “IV Encontro Estadual de Comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro,” entre os dias 17 e 19 de maio, em Araruama. Além da apresentação do projeto, quilombolas de toda região tiveram a oportunidade de realizar debates sobre a conjuntura, além de trocar informações sobre diversas temáticas. Várias denúncias de violações de direitos e problemas de acesso a políticas públicas e serviços básicos como educação foram relatadas. Na ocasião, Débora Leite da comunidade de Alto da Serra (Lídice, RJ) denunciou que a comunidade tem feito muitos esforços para que a escola da região seja beneficiada com educação diferenciada, já que 90% dos alunos são quilombolas, mas que o Estado ainda não atendeu a solicitação.

 O “IV Encontro Estadual de Comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro” foi encerrado com uma plenária da Acquilerj.

 O projeto “Apoio ao fortalecimento político e protagonismo das Comunidades Quilombolas do Rio de Janeiro" tem como objetivos apoiar ações de fortalecimento institucional das comunidades quilombolas e promover o protagonismo dos quilombolas nos processos decisórios, fortalecendo sua identidade étnico-racial, cultural e política.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.