Ato do Dia Internacional de Luta das Mulheres

Clarisse Braga com revisão de Manoela Vianna

KOINONIA e a Campanha “O amor lança fora todo medo” marcaram presença no Ato do Dia Internacional da Mulher, que aconteceu hoje (8/3) em São Paulo. A concentração da marcha foi na Praça da Sé, histórico ponto de encontro de inúmeras manifestações de lutas por direitos. 

Após uma sessão de discursos, militantes e movimentos sociais da cidade inteira tomaram conta das ruas centrais da capital paulistana. Com o lema “mulheres em luta contra a violência machista, racista e lesbofóbica”, homens e mulheres mostraram que o dia 8 de março não se trata de dar flores, mas sim uma luta por conquistas de direitos e pela emancipação do corpo e mente das mulheres.

Para a Assessora de KOINONIA, Ester Lisboa, a manifestação foi um retorno ao seu passado militante. “Ultimamente, os movimentos sociais começam na Internet, principalmente, nas redes sociais; tratando-se de mobilização, está ferramenta é excelente. No entanto, por inúmeras vezes, a luta termina ali mesmo, em frente ao computador. Foi muito bom marchar pelas ruas de São Paulo reivindicando um direito meu, seu e de todas as mulheres desse país”.

Para juntar forças à Campanha, as meninas da REJU – Rede Ecumênica da Juventude, Maryuri Mora Grisales e Emily Everett, também participaram do ato cantando as divertidas e provocativas músicas compostas pela Marcha Mundial de Mulheres. Mesmo embaixo de chuva, mulheres de todos os cantos da cidade aclamaram por direitos e se posicionaram contra a violência física e psicológica que aflige centenas de mulheres, todos os dias.

Saiba mais sobre a Campanha Amor lança fora todo medo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.