Associado de KOINONIA Anivaldo Padilha coordena encontro nacional de Comitês da Sociedade Civil pela Memória, Verdade e Justiça

Portal EBC com informações da Comissão da Verdade

Foto: Anivaldo Padilha em Ato Ecumênico em memória dos mortos e desaparecidos da ditadura militar / Acervo de KOINONIA

Brasília – Representantes da sociedade civil  estão apresentando propostas à Comissão Nacional da Verdade (CNV) em São Paulo hoje (29). No evento, realizado no centro da capital paulista, a comissão receberá documentos de 95 representantes de Comitês de Verdade, Memória e Justiça de todo o país.

Os comitês são iniciativas autônomas da sociedade civil, criadas em todo o Brasil para estimular medidas e políticas de memória, verdade e justiça em municípios e estados brasileiros. Foi através da iniciativa de comitês que surgiram algumas comissões estaduais da verdade e medidas de preservação da memória, como, por exemplo, a decisão de tombar a Casa da Morte em Petrópolis.

Os grupos se reuniram durante dois dias de forma autônoma no Instituto Cajamar na Grande São Paulo para elaborar as propostas que serão entregues à Comissão. A coordenação das  atividades foi feita por Anivaldo Padilha, associado de KOINONIA, e José Luís Del Roio, do Comitê Paulista de Memória e Verdade.

Segundo o coordenador da CNV, Paulo Sérgio Pinheiro, a Comissão pretende discutir com a sociedade civil possibilidade para maior participação desse grupo nos trabalhos da entidade.

A Ouvidoria da CNV também estará presente ao evento, registrando demandas individuais, documentos e informações trazidas pelos representantes dos Comitês e de qualquer pessoa interessada.

Leia mais sobre KOINONIA e a Comissão da Verdade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.