Amazônia em Quarentena – Finalizamos o Circuito Rondônia!

Cátia Sanfelice – Ciências da Educação UNIR

Daniela Yabeta – História UNIR

Idris Castro – graduando Licenciatura em História UNIR

José Antônio Rosa – graduando Licenciatura em História UNIR

Em 05 de agosto de 2020 finalizamos o Circuito Rondônia da série de hangouts do projeto Amazônia em Quarentena.

O Amazônia em Quarentena é um projeto de extensão promovido pelo Núcleo de História Pública da Amazônia (Nuhpam), vinculado ao Departamento de História da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). O objetivo do projeto é criar um acervo com depoimentos sobre a experiência da pandemia da COVID 19. O Circuito Rondônia, a primeira etapa que finalizamos, contou com depoimentos de professores, alunos, quilombolas e indígenas de diferentes instituições provenientes de dez municípios do estado de Rondônia: 1) Ariquemes; 2) Cacoal; 3) Colorado do Oeste; 4) Costa Marques; 5) Guajará-Mirim; 6) Ji-Paraná; 7) Pimenta Bueno; 8) Porto Velho; 9) Rolim de Moura; 10) Vilhena.

O trabalho é coordenado pelas historiadoras Daniela Yabeta e Cátia Sanfelice e conta com a participação dos alunos do curso de Licenciatura em História Idris Castro e José Antônio Rosa. Todos os hangouts estão no canal do Nuhpam no YouTube. Para acessar, basta clicar aqui.

O texto desse mês foi escrito pelos quatro integrantes do projeto. Cada um de nós respondeu a seguinte questão: Como foi a experiência de participar do Amazônia em Quarentena – Circuito Rondônia? As respostas foras as seguintes:

“Participar do Projeto de Extensão Amazônia em Quarentena sobre Rondônia possibilitou compartilhar experiências de isolamento social que fizeram emergir elementos importantes do ponto de vista político, econômico, cultural e das relações de trabalho. Dentre eles, destaco as condições de trabalho dos professores da rede estadual e dos institutos federais devido ao ensino remoto, as dificuldades e até mesmo a negação de adesão às regras de isolamento social pelo empresariado local e, a situação de vulnerabilidade dos trabalhadores, da população indígena e quilombola. Tais registros de memória assinalam para o impacto que a pandemia do coronavírus provocou em Rondônia ao mesmo tempo que contribuirá para futuras pesquisas históricas” – Cátia Sanfelice.

“Como sempre, agosto chega encerrando e abrindo novos ciclos na minha vida. Esse ano, mesmo com a pandemia da COVID19, não foi diferente: finalizamos o Circuito Rondônia do Amazônia em Quarentena! Eu, que cheguei ontem nesse estado, ao lado de uma equipe maravilhosa, circulei por dez municípios sem sair da minha casa. Fiz tudo presa nesse isolamento social que nunca acaba, cheia de medo e saudade da minha vida antes do coronavírus. Para quem está de fora pode não parecer nada, mas foi um esforço coletivo muito grande e eu estou muito orgulhosa por ter completado essa etapa com um time show de bola. Sou muito grata aos que toparam participar dos episódios. Esse acervo vai ficar para sempre!” – Daniela Yabeta

“Participar desse projeto tem sido uma experiência muito gratificante. Obter informações dos vários municípios de Rondônia aumentou meu conhecimento sobre as diferentes realidades existentes no estado e fez com que eu saísse mais da minha bolha. Em algumas situações em fiquei em choque, mas é necessário buscar aprendizado. As pessoas do Amazônia em Quarentena se tornaram parte de uma família para mim. Agradeço a equipe pelo cuidado, paciência e espero aprender cada dia mais nesse projeto” – Idris Castro 

“Gosto da experiência que o projeto Amazônia em Quarentena tem me proporcionado. Fico feliz por ter a possibilidade de desenvolver uma rede de informações mais abrangentes sobre a pandemia que estamos vivendo e conhecer outras realidades em diversas regiões do nosso estado de Rondônia. Quando comecei, achei que fosse desistir, mas cada vez que tem um hangout, já fico preparado” – José Antônio Rosa

O trabalho segue com o Circuito Internacional e Nacional. A previsão é que em setembro o Circuito Internacional seja finalizado. Já fizemos Portugal, Espanha, Guiné-Bissau, Estados Unidos, Chile, Bolívia, Japão e Rússia! Faltam apenas mais dois países para concluir essa nova etapa. Podemos adiantar que o impacto da COVID19 nessas diferentes localidades é impressionante.

Seguimos isolados e recomendamos: se puder, fique em casa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *