Trajetórias Ecumênicas

Helena Costa

Na manhã de 12 de setembro, na sede de KOINONIA, membros do Núcleo de Articulação Institucional reuniram-se em torno da Jether Ramalho para ouvir e registrar sua trajetória – que em muitos momentos confunde-se com a história do movimento ecumênico no Brasil. Congregacional, cientista social, sócio de KOINONIA, ex-editor da revista Tempo e Presença, um dos fundadores do Cedi (Centro de Documentação e Informação) e do Cebi (Centro de Estudos Bíblicos), colaborador do Cesep, são apenas algumas das inúmeras funções e cargos ocupados por Jether, que completou 85 anos. Como não poderia deixar de ser, a história recente do País também foi revisitada: episódios sofridos do período de ditadura militar, os primeiros encontros das Comunidades Eclesiais de Base, o papel do Conselho Mundial de Igrejas no apoio aos exilados e perseguidos; o surgimento da Teologia da Libertação, entre outros.

 

O projeto Trajetórias Ecumênicas, de caráter institucional, insere-se no programa de Memória Ecumênica e Documentação e pretende registrar para posterior divulgação biografias de personalidades importantes para o movimento ecumênico brasileiro. Os primeiros entrevistados foram o teólogo e pastor presbiteriano Carlos Cunha e o sociólogo Waldo César, luterano falecido em 3 de junho deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.