Solidariedade de KOINONIA às vítimas do duplo atentado na Noruega

Carolina Maciel

 
 
Em solidariedade às tragédias vividas pela população da Noruega no mês de agosto, KOINONIA – Presença Ecumênica e Serviço em parceria com as organizações Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE, Viva Favela e Viva Rio, uniram forças para manifestar através de um vídeo palavras de incentivo e encorajamento neste momento de dificuldades, sofrimento e dor.
 
Assim, no link abaixo você pode conhecer melhor o sentimento de KOINONIA e das demais organizações através de uma espécie de coleta de depoimentos pessoais daqueles que fazem parte dos projetos assistidos por elas, assim como, pode compreender o sentimento de cada uma das organizações quanto ao ocorrido.
 
Rostos e vozes unidos em prol da solidariedade à Noruega!
 
 
Relembre o duplo atentado:
 
 
No dia 22 de julho, pelo menos 170 pessoas morreram na Noruega vítimas de um duplo atentado. O primeiro atentado foi a explosão de um carro-bomba, que ocorreu na sede do governo norueguês em Oslo matando 93 pessoas. O segundo atentando ocorreu em um acampamento juvenil na Ilha de Utoya, próxima à capital, matando 86 pessoas.
 
 

Em informações cedidas pelo The New York Times Abu Sulayman al-Nasir, o líder do grupo jihadista Ansar Al Jihad Al Alami, teria postado os seguintes comentários:"Hoje, a Noruega virou alvo para servir de lição e exemplo às outras nações da Europa", e "A razão para atacar a Noruega… o mais importante é o apoio que o país dá à ocupação do Afeganistão e a insultos ao nosso Profeta". Entretanto, poucas horas mais tarde foi esclarecido que tanto o primeiro quanto o segundo atentado foram realizados pelo extremista religioso Andres Breivik. Segundo consta Breivik trabalhou durante 18 meses para planejar minuciosamente o atraque à ilha.

 

 
Assista ao vídeo:
 
 
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.