Livro escrito por Juventudes é lançado oficialmente no FE-Brasil

Carolina Maciel

 
Foi oficialmente lançado na noite de ontem, 16 de agosto, durante o encontro nacional de FE-Brasil o livro "O espírito sopra onde quer…". O livro reúne a contribuição de jovens de espiritualidade metodista, luterana, anglicana, batista ou cristã de maneira geral, ligados à REJU. Relendo textos polêmicos e profundos, como a conversa de Jesus com Nicodemos, as histórias de Rute, da mulher siro-fenícia e de Agar e o debate entre a Samaritana e Jesus, o livro mostra a possibilidade da convivência ecumênica. O material é importante subsídio na Campanha contra a intolerância religiosa.
 
Thaiana Assis, jovem metodista e uma das autoras do livro, falou de seu aprendizado no processo de elaboração do texto. Thaiana escreveu sobre o diálogo entre a Samaritana e Jesus: "o estudo do texto bíblico e a elaboração do texto foi um processo coletivo, do qual todas as pessoas que estavam ao meu redor foram envolvidas. Foi diálogo de verdade."
 
Edmilson Schinelo, representante do CEBI, lembrou que a produção do livro foi uma dupla contribuição ao Centro de Estudos Bíblicos: "O CEBI tem dois limites em sua atuação em diversas partes do país: nem sempre consegue uma atuação efetivamente ecumênica e tem pouco material feito pela juventude. O livro é um contributo nos dois sentidos".
 
O livro pode ser adquirido tanto junto ao CEBI (vendas@cebi.org.br), quanto junto à REJU.
 
 

 
Lançamento do Centro de Estudos Bíblicos – CEBI, o livro "O Espírito sopra onde quer…" – Estudos bíblicos para uma convivência ecumênica é um belo trabalho elaborado pela Rede Ecumênica da Juventude – REJU. Jovens de espiritualidade metodista, luterana, anglicana, batista ou cristã de maneira geral elaboraram uma excelente contribuição para a Campanha contra a intolerância religiosa:

 
 
 
Informações no site do Centro de Estudos Bíblicos – CEBI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.