KOINONIA realiza cursos em Alagoas, Pernambuco e Bahia

Márcia Evangelista

Foram realizadas no mês de setembro, as primeiras etapas do Curso de Formação de Agentes Culturais Jovens Rurais Municipais.

O curso é uma ação de KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço, através do Programa Trabalhadores Rurais e Direitos (TRD), e Escola Quilombo dos Palmares (Equip), em parceria com Pólo Sindical dos Trabalhadores do Submédio São Francisco PE/BA, Cooperativa de Pequenos Produtores de Bancos de Comunitários de Sementes (Coppabacs) e Núcleo de Desenvolvimento Comunitário (Nudec).

O curso tem como objetivo instrumentalizar jovens lideranças a planejar, monitorar e avaliar ações culturais. A ação cultural é a valorização do espaço local como o ambiente privilegiado da cultura. O agente cultural é o mobilizador da ação cultural em sua comunidade. A ação cultural deve ser mobilizadora, ter caráter coletivo e gerar ações que modifique a realidade social vivida por estes jovens. Durante o curso os jovens refletem sobre Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário; os Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais (Dhesca) e Direitos das Juventudes.

O objetivo é que cada grupo de cinco cursistas realize uma ação cultural transformadora em sua comunidade e, que em cada município, sejam realizadas quatro ações culturais transformadoras.

Estão  andamento a realização de cinco Cursos de Formação de Agentes Culturais Jovens Rurais nos municípios de Delmiro Gouveia, Ouro Branco e São José da Tapera, em Alagoas; intermunicipais dos municípios de Rodelas/Chorrochó, na Bahia; e em Orocó/Santa Maria da Boa Vista, em Pernambuco.

Formação municipalizada em Ouro Branco (AL)

Entre os dias 19 e 20 foi realizada a primeira etapa do Curso de Formação de Agentes Culturais Jovens Rurais no município de Ouro Branco, em Alagoas. O curso foi realizado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Rui Palmeira e participaram 22 jovens lideranças das comunidades de Bonito, Jatobá, Poço da Pedra, Frade, Várzea do marinho, Serrotinho e sede do município de Ouro Branco. As jovens educadoras do curso são Gildete e Edilânia. Estavam presentes Vanessa Barrreto (supervisora pedagógica), Edjane (coordenadora da CMJTTR), e Damião Matos (atual secretário geral do STTR de Ouro Branco).

As ações culturais indicadas para serem realizadas são:

– Ouro Branco realizará a Feira de leitura que tem como objetivo o incentivo a leitura

– As comunidades de Frade, jatobá, poço da Pedra, serrotinho, várzea do marinho realizaram uma Tarde cultural que tem como objetivo conscientizar e incentivar os jovens.

– Bonito realizará palestra sobre gravidez na adolescência tem como objetivo a conscientização de jovens e adultos da comunidade.

Entre a primeira e a segunda etapa os jovens realizaram um diagnóstico participativo para avaliar a realização das ações culturais indicadas.

Agentes Culturais em São José da Tapera (AL)

Nos dias 19 e 20 de setembro foi realizada a primeira etapa do Curso de Formação de Agentes Culturais Jovens Rurais no município de São José da Tapera (AL). O curso foi conduzido pelos jovens educadores Denival e Valdemir, e contou com a participação de Thiago (atual coordenador do Coletivo de Jovens do Alto Sertão de Alagoas), Oscar Alan (representante do Coletivo de Jovens do Sertão de Alagoas), além dos jovens Marielle, Deraldo e Edmilson, que representaram a Comissão Municipal de Jovens do STTR de São José da Tapera.

A primeira etapa foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima e participaram 24 jovens representando as comunidades Salgadinho, Medeiros, Fazenda Nova, Cacimbas, Batatas, Baixa Grande, Povoado Torrões, Capim Grosso, Sítio Bananeiras, Povoado Pilões e Serrote.

Os jovens cursistas indicaram a realização das seguintes ações culturais:

– Nas Comunidades de Bananeiras, Cacimbas. Batatas, Distrito de Caboclo realizarão um Torneio Juvenil (Futebol, Show de calouros), Discussão sobre DHESCA e Noite Cultural com o objetivo de mobilizar a juventude em atitudes e atividades coletivas, formando censo critica construtivo levando-os a ter visão local e de mundo.

– No Povoado Torrões será realizada a pavimentação das ruas e construção de praças para o lazer coletivo. O objetivo é mobilizar toda a comunidade com ênfase na qualidade de vida da comunidade, onde as pessoas possam ter um ambiente agradável; Para isso os cursistas contam com a mobilização do poder publico.

– Na comunidade Baixa Grande será realizado a construção de uma Igreja. O objetivo é mobilizar jovens e moradores da comunidade para conversar e usar a igreja como um espaço de articulação e discussão na formação de grupos de jovens organizados.

– Nas comunidades Medeiros, Fazenda Nova e Capim Grosso, serão realizadas palestras com temas transversais. O objetivo é desenvolver o censo crítico-construtivo com relação a não alienação dos jovens quanto aos problemas sociais.

– Os jovens cursistas realizarão até a segunda etapa o diagnóstico participativo na comunidade e assim avaliar a realização das ações culturais indicadas.

Curso intermunicipal em Chorrochó e Rodelas (BA)

Foi realizado entre os dias 19 e 20 de setembro, no município de Rodelas no estado da Bahia, a primeira fase do curso de Agentes Culturais Jovens Rurais. O curso contou com 33 participantes das comunidades de Barra do Tarrachil, Chorrochó e Rodelas da Bahia.

O curso foi coordenado pelas jovens educadoras Agnes e Laíse, e contou com o apoio pedagógico da Risonha Freire.

Os jovens cursistas indicaram a realização das seguintes ações culturais:

– Chorrochó realizará um seminário com vários temas

– Barra do Tarrachil realizará uma Gincana de Mobilização ao Combate as Drogas Licitas e Ilicitas, Prostiuição, DSTs e Movimento Sindical

– Rodelas vai fazer uma ação destacando o regate da expressão cultural do município

Ação intermunicipal em Santa Maria da Boa Vista e Orocó (PE)

Nos dias 19 e 20 de setembro foi realizada a Primeira etapa do Curso de Formação de Agentes Culturais Jovens Rurais intermunicipal em Santa Maria da Boa Vista e Orocó, no estado de Pernambuco. A primeira etapa foi realizada no município de Santa Maria da Boa Vista e o curso será coordenado pelos jovens educadores Ingride e Edilson.

Participaram do curso 41 jovens, representando 6 comunidades, sendo 3 de Orocó e 3 de Santa Maria da Boa Vista.

As ações culturais indicadas para serem realizadas foram:

– Resgate do Reizado

– Resgate da Associção Comunitária de Horta Orgânica

– Em quatro comunidades serão promovidas ações de conscientização sobre embalagens de agrotóxicos.

Com informações do Programa Trabalhadores Rurais e Direitos

trd@koinonia.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.