KOINONIA promove encontro quilombola no Rio de Janeiro

Carolina Maciel

Nos dias 28 e 29 de julho aproximadamente 50 lideranças quilombolas do estado do Rio de Janeiro estiveram reunidos no quilombo Santa Rita do Bracuí para discutir o contexto político que envolve as comunidades quilombolas, trocar informações, pensar estratégias para o movimento e, principalmente, para se encontrar e confraternizar.

A atividade foi proposta por KOINONIA – Presença Ecumênica e Serviço com o apoio do Plano de Ação Conjunto Brasil – Estados Unidos para a Promoção da Igualdade Racial e Étnica – JAPER, em parceria com a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro – ACQUILERJ.

Definimos algumas estratégias para melhoria da comunicação entre as comunidades, já que este foi um dos maiores problemas apresentados pelas lideranças presentes. Outro ponto muito debatido foi o seminário integrado do Programa Brasil Quilombola proposto pela SEPPIR para o mês de agosto onde os quilombolas debaterão junto aos governos federal e estadual prioridades de ação para o estado. Acreditamos que este espaço deve ser potencializado com o avanço na construção de uma legislação estadual tendo em vista que nosso estado não possui este instrumento que tem sido tão útil em vários estados brasileiros, como Maranhão, Pará, São Paulo, entre outros. Iniciamos também o mapeamento do calendário festivo das comunidades e também a localização precisa das mesmas visando à reconstrução do mapa das comunidades. Estes dois produtos estarão em breve disponíveis no OQ – Observatório Quilombola de KOINONIA. Outra questão apontada pelas lideranças foi à necessidade de encontros periódicos para formação política e nivelamento de informações, já que as comunidades não podem arcar com está organização e custos destes eventos. É necessário, portanto pensarmos em projetos que possam custear tais atividades, de forma articulada entre comunidades e assessoria.

A noite de sábado foi repleta de alegria com um delicioso jantar preparado pelas quilombolas do Bracuí, muito samba e risadas. O encontro foi finalizado com uma roda de jongo puxada por Tia Celina. 

Quilombos presentes:

Região dos Lagos: Botafogo/Cabo Frio; Rasa, Maria Joaquina, Maria Romana, Sobara, Caveira/Botafogo, Preto Forro;

Região da Costa Verde: Marambaia, Santa Rita do Bracuí, Campinho da Independência, Cabral,
Região Metropolitana e serrana: Sacopã, Boa Esperança;

Região norte/noroeste: Conceição do Imbé, São Benedito, Barrinhas, Aleluia, Batatal.


Com informações Ana Gualberto, assessora de KOINONIA e historiadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.