KOINONIA participa da mostra cultural Homofobia Fora de Moda em São Paulo

Carolina Maciel

Este mês o programa Saúde & Direitos de KOINONIA – Presença Ecumênica e Serviço doou para o acervo da mostra cultural "Homofobia Fora de Moda", temática promovida pela Secretaria da Cultura de São Paulo, a camiseta da campanha: “O amor lança fora todo medo – Religiosos e religiosas contra a homofobia”. A mostra é composta por 30 estampas para camisetas selecionadas entre 122 desenhos enviados por designers de vários estados.

Realizada pelo governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria da Cultura, o evento cultural, acontece nas futuras instalações do Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual, na estação de metrô Republica, coração do centro paulistano.  É o primeiro espaço museológico dedicado à causa da diversidade sexual do hemisfério sul e o terceiro do mundo – os outros ficam em Berlim (Alemanha) e São Francisco (Estados Unidos).

A homofobia tem raízes profundas na nossa cultura e está presente em todas as camadas sociais e em todas as instituições e, portanto, não é exclusividade de nenhuma delas. No entanto, há de se reconhecer que as organizações religiosas, principalmente as cristãs, que são majoritárias em nosso país, têm uma grande parcela de responsabilidade pela disseminação do preconceito e do estigma contra pessoas cuja orientação sexual não coincide com os padrões estabelecidos pela nossa cultura baseada em valores patriarcais.

Felizmente, o que parecia unanimidade nas igrejas há algum tempo atrás deixou de ser. Hoje, questões relacionadas aos direitos sexuais estão entre as que mais polarizam os conflitos teológicos e ideológicos nas instituições eclesiásticas, a demonstrar que as igrejas deixaram de ser impermeáveis às demandas por justiça por parte da comunidade Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros – LGBT. Ao contrário, testemunhamos o crescente engajamento de cristãs e cristãos nas lutas pela defesa dos direitos e pela superação da homofobia, diz Anivaldo Padilha, sócio de KOINONIA.

Certamente, há ainda um longo caminho a ser percorrido para que as igrejas cristãs se tornem comunidades realmente inclusivas. Entretanto, muitos passos já foram dados nesse caminho e o compromisso de KOINONIA é o de contribuir para que esse caminhar já iniciado se acelere, e que as fileiras de seus caminhantes se tornem cada vez maiores e se transformem em um caudaloso rio de esperança, por onde o amor e a justiça possam navegar serenamente.

Afinal, acreditamos que Deus está presente onde há amor, afeto e respeito.

 

Com informações Ester Lisboa, assessora de KOINONIA.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.