Incidência Pública no Brasil

Helena Costa

O Encontro sobre Incidência Pública no Brasil reuniu lideranças de igrejas cristãs históricas e representantes de organismos ecumênicos e Igrejas do Brasil e da América Latina em março, em Salvador. Durante os dias 27 e 28 os participantes discutiram a inserção das igrejas e organismos ecumênicos em redes, para promover e fortalecer o protagonismo da sociedade civil no processo de participação em políticas públicas e o uso mais eficaz do potencial de comunicação desses sujeitos sociais enquanto instrumento de fortalecimento da cidadania.

Algumas experiências de incidência pública bem sucedidas em foram escolhidas como contraponto para as reflexões, entre elas, o programa Saúde e Direitos, de KOINONIA. Comunicadores de entidades ecumênicas presentes esboçaram a criação de uma rede entre estes profissionais, capaz de facilitar a circulação de notícias e somar esforços na divulgação das ações junto à grande imprensa.

O evento foi promovido pela Cese (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) em parceria com o CREAS (Centro Regional Ecumênico de Assessoria e Serviço), com sede na Argentina e atuação no continente sul-americano; e com o IEC (Instituto de Estudos da Comunicação), do Peru. Participaram também o Conselho Latino- Americano de Igrejas – CLAI – Região Brasil, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – IEAB, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB, Igreja Metodista – IM, Igreja Presbiteriana Unida do Brasil – IPU, Igreja Presbiteriana Independente do Brasil – IPIB, Fundação Luterana de Diaconia – FLD, Diaconia e Rede Falem – Unindo Vozes pela Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.