FE Brasil ampliado

Marilia Schüller e Helena Costa

 O Fórum Ecumênico Brasil reuniu-se entre nos dias 18, 19 e 20 de agosto, no Instituto Salesiano Pio XI, na Lapa, em São Paulo.  Cerca de 40 pessoas estiveram presentes, representando diversas igrejas, de conselhos de igrejas – CLAI Brasil, CLAI continental, CONIC, CMI -, organismos ecumênicos, agências de cooperação e representantes de ACT Desenvolvimento e ACT Internacional (organizações com sede em Genebra, Suíça). Os países da América do Sul presentes: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Peru, Equador, Colômbia.

A reunião buscou fortalecer e ampliar os laços e articulações ecumênicas da América do Sul. O Rev. Walter Altmann, moderador do Comitê Central do CMI, iniciou os trabalhos apresentando uma reflexão sobre “Pertença e relações ecumênicas hoje”. Para Altmann, diante da realidade de crescente fragmentação e divisão de nosso mundo e de nossas igrejas, a vocação e o compromisso de caminhar junto ecumenicamente não são apenas necessários e relevantes, são também uma re-afirmação de que a solidariedade e a cooperação da família ecumênica é uma realidade possível.

O encontrou celebrou a formação do Fórum Sul Americano de ACT (Ação Conjunta das Igrejas). ACT será o nome da organização que unirá ACT Desenvolvimento, ACT Internacional (ajuda humanitária) e Aliança Ecumênica para Incidência Política. Ao final das deliberações o fórum passou a chamar-se FE Sul – Fórum Ecumênico da América do Sul. Estiveram presentes os assessores de KOINONIA, Marilia Shüller (Resc) e Atílio Iulianelli (TRD e EDF) e os secretários Rafael Soares (Executivo) e Anivaldo Padilha (de Cooperação Internacional).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.