Conic apoia Campanha pelo Desarmamento

Márcia Evangelista

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) vai se engajar na Campanha do Desarmamento, que será lançado na sexta-feira, 6, pelo Ministério da Justiça. Também pretende se engajar ainda mais em questões voltadas aos Direitos Humanos, economia solidária, construção de uma cultura de paz e comunhão entre igrejas.

As prioridades foram definidas na primeira reunião da nova diretoria, na sexta-feira, 29. No dia anterior, celebração ecumênica realizada na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília, marcou o início das atividades da atual gestão do Conic.

Mais do que em diplomacia eclesial, diálogo entre teólogos, envolvimento social e cooperação pastoral, o trabalho ecumênico se alimenta e cresce a partir da graça de Deus, alcançada pela oração humilde, confiante e perseverante, disse o presidente do Conselho, bispo católico romano dom Manoel João Francisco.

O primeiro vice-presidente do organismo ecumênico, dom Francisco de Assis da Silva, bispo anglicano da Diocese Sul Ocidental, com sede em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, destacou que a celebração ecumênica, realizada na quinta-feira, 28, é o primeiro passo para a busca da inspiração divina ao enfrentamento dos desafios do quadriênio (2011-2015) de trabalhos do Conic.

A celebração no início das atividades da nova diretoria, frisou a secretária, Zulmira Inês Lourena Gomes da Costa, da Igreja Siriana Ortodoxa de Antioquia, é um testemunho de convivência ecumênica e de diálogo inter-religioso.

O secretário geral do Conselho, reverendo Luiz Alberto Barbosa, no seu segundo mandato, lembrou pedido da Assembleia Geral do organismo destinado à nova diretoria, de aprofundar o diálogo com outras religiões, não só entre igrejas cristãs.

Nossa perspectiva para este trabalho que se inicia é a melhor possível. Queremos caminhar em conjunto com as pessoas, ouvindo o clamor do povo e fortalecer o ecumenismo nas bases, em cada regional, em cada paróquia, para que possamos ter um movimento verdadeiramente engajado nas questões sociais, afirmou o pastor evangélico-luterano e tesoureiro do Conic, Altemir Labes.

Com informações da ALC e Cebi

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.