Campanha “Uma Ação para Crianças”

Márcia Evangelista

Campanha Nacional da CESE, iniciada em 2008, envolve a sociedade na transformação da realidade de crianças e adolescentes

A Campanha Nacional “Uma Ação para Crianças”, desenvolvida pela CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) dá continuidade às suas atividades no ano de 2010. A Campanha já beneficiou 4.985 crianças e adolescentes no Brasil com as parcerias construídas em prol da garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Mais de 25 mil reais foram arrecadados e dobrados a partir das mobilizações sociais realizadas em diferentes partes do país.

Como participar

A organização proponente do projeto deve enviar um pequeno projeto que atenda aos critérios de seleção da CESE e o grupo local mobilizador deve enviar uma proposta da ação de mobilização. O projeto e a proposta de mobilização serão analisados pela equipe da CESE e, se houver dúvidas, a equipe vai entrar em contato através de uma carta ou telefonema.

Quando o projeto e a proposta forem aprovados, o grupo local vai receber autorização para dar inicio à ação de mobilização. Como o intuito da Campanha é estimular a sociedade a apoiar iniciativas populares, a mobilização deverá ser feita na sociedade. Não poderão ser consideradas, para esta Campanha, mobilizações de recursos com empresas e/ou órgãos governamentais.

Quando a ação tiver sido realizada, o grupo local envia o valor captado para a CESE, e a CESE deposita o dobro do valor na conta da organização que vai executar o projeto, depois da assinatura do contrato.

Para elaborar um projeto de defesa dos direitos da infância e da adolescência para a CESE, a organização proponente deve utilizar o roteiro de elaboração de projetos. Ao final da execução do projeto, a organização proponente deverá enviar à CESE um relatório de atividades e um relatório financeiro.

Para elaborar a proposta de mobilização, o grupo local deve usar o roteiro para elaboração de ações de mobilização de recursos. Ao final da ação de mobilização, o grupo deverá enviar à CESE um relatório da ação.

A Campanha funciona durante todo o ano e, portanto, projetos podem ser enviados em qualquer data.

Mobilizações

Para participar basta a pessoa interessada reunir uma turma solidária, escolher um bom projeto que beneficie crianças e adolescentes e organizar uma ação para mobilizar recursos para esse projeto. A Campanha “Uma Ação para Crianças” apoia a iniciativa dessa pessoa, com materiais, orientações e dobra o valor arrecadado. O diferencial é o incentivo dado ao trabalho em rede, independente de ser grupo formal ou informal.

Estes grupos mobilizadores podem ser alunos de uma escola, ou de funcionários de uma empresa, um grupo da igreja ou ainda um grupo de amigos que querem dedicar um pouco do seu tempo para fazer a diferença na vida de meninos e meninas. Além disso, a ação coletiva e voluntária tem minimizado o sentimento de impotência perante as mazelas sociais que, regra geral, afligem os brasileiros, e potencializado um sentimento de confiança por se perceber capaz de agir diretamente sobre o problema: participação social.

A mobilização de recursos é uma ferramenta essencial no desenvolvimento das organizações sociais. Nesses anos de atuação, a CESE vem adquirindo conhecimento na área, e sabe que partilhar as experiências é necessário e fundamental. “A Campanha [Uma Ação para Crianças] é parte da partilha deste aprendizado. Nós aprendemos que mobilizar recursos é, sobretudo, educar a sociedade, então é isso que a campanha propõe aos parceiros: procurem seus vizinhos, igrejas, escolas, grupos de funcionários de empresas etc., negociem apoio político e financeiro, e a CESE contribui com esse esforço. Uma ação pontual de mobilização pode gerar uma relação política muito duradoura”, conclui Mariângela.

Bazares, festival de tortas e pedágio foram atividades apoiadas pela campanha, realizadas por grupos de pessoas que se mobilizaram para arrecadar recursos e assim beneficiar crianças e adolescentes. Em Rondonópolis/MT, por exemplo, um grupo local percebeu a necessidade de incentivar mais a leitura entre crianças e adolescentes. E criou a barraca de alimentos no Simpósio de Agroecologia na comunidade. A ação arrecadou R$ 3 mil para a Comissão Pastoral da Terra, e a CESE dobrou o valor. Foram 700 crianças e adolescentes beneficiados com 20 arcas (bibliotecas ambulantes). “A atividade trouxe para nós a oportunidade de ler. Nossos pais não têm como comprar estes livros e com a biblioteca que conseguimos tem tanto livros para pesquisar que fiquei encantada”, conta Renata Ferreira de Silva, de 16 anos.

Outro modelo de ação coletiva foi no bairro Progresso, em Erechim/RS. A Instituição Obra Promocional Santa Marta desenvolve o projeto “Criando mais Vida”, atividades direcionadas a 110 meninos e meninas que aprendem a música por meio de ações cidadãs e momentos lúdicos. O grupo formado por 30 mobilizadores percebeu a demanda da instituição em ampliar as atividades, desenvolveu então o “Pedágio” (doação espontânea) nas ruas e avenidas da cidade. A ação já faz parte do calendário anual da instituição. O recurso arrecadado foi utilizado na ampliação das oficinas e na compra de materiais.

Nos seus 36 anos de existência a CESE já apoiou mais de 10 mil organizações, isso a coloca num lugar privilegiado numa rede de promotores de Direitos Humanos. Então, o trabalho de mobilização de recursos é, principalmente, o esforço de ampliação dessa rede, convidando outras pessoas à participação na categoria de apoiadores.

Histórico

Desde que a Campanha foi implementada, em 2008, 4.985 crianças e adolescentes foram beneficiados, direta ou indiretamente, em 10 iniciativas apoiadas pelo Brasil. A Campanha foi criada a partir da identificação das demandas por superação das iniqüidades sociais no campo da educação, da saúde, da segurança alimentar e nutricional, da distribuição de renda, enfim, em prol da defesa e promoção dos direitos das crianças e adolescentes. Contribuir para a consecução das 8 Metas do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU), é uma das diretrizes da Campanha.

Informações:

E-mail: acaoparacriancas@cese.org.br

Tel: (71) 2104-5457

Ou visite o site da CESE: www.cese.org.br

Com informações da CESE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.