ACT Aliança dá continuidade as ações no Haiti

Márcia Evangelista

Até o momento, 12 membros da ACT Aliança estão envolvidos nos esforços de ajuda no Haiti. São eles: Christian Aid (CA), Church World Service (CWS), Diakonie Katastrophenhilfe (DKH), Federação Luterana Mundial (LWF), Ajuda da Igreja Norueguesa (NCA), Igreja da Suécia, Igreja Evangélica Luterana nos EUA (ELCA), Ajuda da Igreja Dinamarquesa (DCA), Ajuda da Igreja Finlandesa (FCA), Organização Inter-eclesiástica para a Cooperação e o Desenvolvimento (ICCO), Assistência a Desastres da Igreja Presbiteriana nos EUA (PDA), Serviço Mundial Luterano (LWR).

Na República Dominicana, Christian Aid (CA) e Church World Service (CWS), estão respondendo junto com a organização parceira Serviço Social das Igrejas da República Dominica (SSID)

As organizações membros da ACT Aliança com sede no Haiti, iniciaram o levantamento de danos e necessidades logo após o terremoto. As organizações enviaram materiais e equipamentos tais como sistemas de purificação de água, barracas e comida. Também começaram a arrecadação de fundos. As organizações membros também estão cooperando na organização de um levantamento de danos coletivo para uma resposta efetiva. Uma Equipe de Apoio Rápido (RST) foi formada. Quatro pessoas assumiram as responsabilidades de coordenação, comunicação, tesouraria e segurança. A RST é liderada pela Federação Luterana Mundial que exerce a presidência do Fórum Haiti da ACT. Em estreita cooperação com a RST está o pessoal de campo, para o levantamento das necessidades e no preparo de uma resposta.

Situação Geral

Os últimos relatos apresentados pela Igreja Evangélica Luterana nos EUA (ELCA), indicam que houve 112mil e 392 mortes, 196 mil 501 pessoas feridas, e que há 1 milhão de pessoas sem teto. Alimentos e moradia ainda são as necessidades de maior demanda, ainda que sejam essas as áreas de maior ajuda. Os aeroportos e os Portos de Água não comportam o tanto de suprimentos que estão chegando, particularmente pela questão do transporte e da segurança que é muito precário. Isso complica o processo de distribuição. O escritório da ONU para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) relatou que cerca de 300 mil pessoas deixaram as áreas afetadas pelo terremoto e estão imigrando em direção ao Norte e ao Oeste do país, em busca de abrigo e recursos materiais.

A resposta dos membros de ACT

Proteção Psicossocial

Uma equipe de quatro pessoas, designada pela Igreja da Suécia para trabalhar com a Federação Luterana Mundial (LWF), estão em Porto Príncipe. Essas pessoas darão apoio psicossocial a todo o pessoal de ACT envolvido na ajuda, providenciando treinamento em apoio psicossocial às comunidades. Esse treinamento tanto pode ser usado em momentos de crise, como no processo de recuperação.

NCA relata que a questão das crianças abandonadas está se tornando um grande problema, em particular na fronteira com a República Dominicana. As crianças correm o risco de serem levadas ilegalmente para outros países. A Unicef colocou uma linha telefônica a disposição e também um sistema de e-mail para que as pessoas notifiquem casos de crianças abandonadas. A organização Save the Children está providenciando espaços para acolher essas crianças.

Recuperação Rápida:

Christian Aid relata que o enfoque no momento é o sistema “Cash for Work” (Dinheiro por trabalho). As regras para o uso e quantias a serem pagas estão sendo definidas pelo governo.

Acampamentos

LWF e ELCA estão trabalhando juntas na instalação de acampamentos para abrigar inicialmente 19 mil pessoas em Petion Ville, Gressier, Leogane, Ti Goave e Thiotte.

Agricultura

A recomendação no momento é que se use a abordagem de dinheiro e “cash for work” para prevenir o colapso do mercado.

Saúde

A ajuda humanitária para as questões de saúde relata que o número de casos de diarréia está em ascensão e há também suspeitas de casos de tétano, sarampo e disenteria.

Educação

FCA, LWF e a Igreja Episcopal do Haiti estão implementando uma ação junto à ONU para providenciar educação para 10 mil crianças em Leogane e assistência psicossocial aos professores.

Abrigo

LWF relata que os problemas ambientais precisam levados em conta devido ao crescimento numérico de acampamentos que estão sendo estabelecidos.

Redução de Risco de Desastre

Christian Aid está coordenando atividades de redução de risco de desastre e providenciando a assistência necessária aos membros de ACT no Haiti. Uma das intervenções sugeridas é dar assistência às comunidades, colocando-as em contato com as autoridades locais para que possam ter acesso ao sistema nacional de prevenção de desastre, que já está em funcionamento.

Conselho Latino Americano de Igrejas

O Conselho Latino Americano de Igrejas (CLAI) convocou uma reunião esta semana, em Santo Domingo, para desenvolver o apoio ecumênico de resposta a ação da Aliança ACT no Haiti.

Além de coordenar seus esforços conjuntos, desde o levantamento das necessidades ao planejamento das ações de resposta, os membros de ACT estão também coordenando seus trabalhos com o sistema nacional do Haiti, com a ONU e outras agências, incluindo coordenação por setores, e com outras ONGs presentes no país.

Os trabalhos de recuperação e reabilitação se concentrarão na produção da agricultura e o acesso à água e, possivelmente, o reflorestamento.

No Brasil são membros de ACT Aliança, KOINONIA, CESE e Fundação Luterana de Diaconia.

Para saber mais sobre Aliança ACT, acesse: http://www.act-intl.org/

 

Com informações de ACT Aliança em 04 de fevereiro de 2010

 

Fotos: Paul Jeffrey/ACT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.