ABONG Rumo a Rio+20

Carolina Maciel

 

Para celebrar o aniversário da Abong – Organizações em Defesa dos Direitos e Bens Comuns, a Regional Nordeste 2 promoveu o evento 20 Anos de ABONG – Rumo à Rio + 20, nesta quinta-feira, dia 20, às 19hs, na sede da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Rua da Graça, 164 Graça). Na oportunidade, houve uma exposição sobre a Rio + 20: Cúpula dos Povos, Justiça Social e Ambiental em Defesa das Florestas, além de refletir sobre as Mudanças Climáticas no contexto da Economia Verde. Houve também espaço para confraternização e celebração do aniversário da entidade, voltado para organizações filiadas, redes, movimentos, grupos populares e pessoas amigas.
 
Num cenário de constante criminalização das ONGs e dos movimentos sociais, a Abong congrega organizações que lutam contra todas as formas de discriminação, de desigualdades, pela construção de modos sustentáveis de vida e pela radicalização da democracia. As entidades que fazem parte da associação têm atuação reconhecida em seus estados, seja pelas ações que desenvolvem, seja pelo exercício da cidadania ativa. Com perfil político caracterizado pela resistência ao autoritarismo; consolidação de novos sujeitos políticos e movimentos sociais; busca de alternativas de desenvolvimento ambientalmente sustentáveis e socialmente justas; luta contra as desigualdades sociais, econômicas, políticas e civis; a universalização e construção de novos direitos e a consolidação de espaços democráticos de poder.
 
Entre os princípios defendidos pela entidade está a igualdade, a diversidade, solidariedade, a pluralidade, a autonomia, a transparência, a participação, a sustentabilidade, a democracia e a horizontalidade. A Abong articula nacional e internacionalmente movimentos sociais em defesa dos direitos humanos, da democracia e da justiça social e ambiental. A entidade e suas afiliadas estão envolvidos diretamente com a construção da Rio +20, evento que reunirá nações e movimentos internacionais no Rio de Janeiro, de 4 a 6 de junho de 2012, para discutir desenvolvimento sustentável no contexto global.
 
Esta iniciativa se insere na Campanha Primavera Para a Vida, promovida anualmente pela CESE  e que neste ano aborda como tema a Justiça Ambiental.
 
 
 
Com informações Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.