O debate das candidaturas federais e estaduais com o povo de santo em Salvador – BA

No mês de setembro vários debates aconteceram pelo país, e em Salvador, KOINONIA organizou e mobilizou um debate com as candidaturas para deputados estaduais, federais e o povo de santo.

O objetivo foi construir estratégias de incidência quanto a quem disputará as eleições para o legislativo e o executivo. Na oportunidade, conversamos e debatemos os projetos políticos para os povos de santo apresentados pelas candidaturas.

Uma oportunidade para que eles levassem ao conhecimento da comunidade suas propostas e de como estas se efetivarão, caso eleitos.

Para o momento do debate, foi construído junto com os terreiros uma carta compromisso, que nesse ano teve onze pontos que perpassam desde o cumprimento e efetivação de leis existentes até a garantia do direito Alimentar Tradicional e seus costumes. Essa carta foi entregue previamente aos candidatos para pudessem ler, analisar os pontos e que assim, no dia do debate pudessem se comprometer com cada um deles e assinassem a carta assumindo os compromissos nela citados, se comprometendo também a levar este debate em todos níveis do partido que representa, e caso eleito, levar à esfera de poder ocupada.

Confira o texto da Carta compromisso

Foram duas mesas, uma em âmbito federal, outra em âmbito estadual. Estiveram presentes: Isadora Salomão (PSOL), Luiz Alberto (PT), Nilo Rosa (REDE), Bira Coroa (PT), Joselito do bagunçaço (REDE), Professor Gilvan (PSOL), representando candidaturas estaduais; Laina Crisóstomo (PSOL), Manu Cris (PT), Silvio Humberto (PSB), Pai Robinho (PROS), Cacique Ramon (REDE), como candidatos federais; e Celia Sacramento (REDE) – candidata a Governadora, Francisco José (REDE) e Mãe Bernadete e Fabio Nogueira (PSOL) – candidatos a Senadores.

Laina Crisóstomo, candidata a deputada federal pelo PSOL, sobre o encontro disse: “a gente precisa construir um projeto politico de alguém que independente de partido vai estar na luta. A luta pra cada um de nós é sobrevivência. Não tem como fazer luta se não for com resistência e com quem entende a nossa dor, não da pra agente votar numa pessoa que nunca foi na nossa comunidade ou que só vai pra pedir voto e fazer comício”.

Veja o vídeo de abertura do debate na página do evento

KOINONIA historicamente tem o costume de construir com o povo de santo estratégias junto a candidatos, um processo que se inicia com o diálogo com as lideranças de candomblé, passa pela identificação e escolha de candidaturas que tenham propostas para esse povo e culmina no debate entre as lideranças e os candidatos.

Processo de suma importância para as comunidades tradicionais de terreiros que possuem demandas especificas e muitas delas urgentes e  esse é um espaço de entender e construir um projeto politico junto aos candidatos para essas comunidades.

“Eu li todos os itens da carta e posso-lhes dizer que serei um candidato afetivo com a causa, porque pra além de acreditar ser justa essas leis aqui eu tenho uma grande gratidão para com o candomblé, eu nasci no candomblé!”, disse Joselito do Bagunçaço, candidato a deputado estadual pela REDE.

Por: Naiara Soares/ KOINONIA
Com a colaboração de Natália Blanco/ KOINONIA.