Planejamento 2019 com as mulheres quilombolas

Por Ana Gualberto

Nos dias 19 e 20 de fevereiro de 2019 realizamos o planejamento das atividades com as mulheres em Camamu, BA, juntamente com o SASOP (Serviços de Assessoria a Organizações Populares Rurais), STTR (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais) e EACMA (Escola Agrícola Margarida Alves).

Destaco que o foco da ação para 2019 de KOINONIA será na formação de redes e para isso, começamos a atividade recuperando a participação das mulheres quilombolas nos encontros estadual e nacional de mulheres negras.

KOINONIA foi responsável pela participação das mulheres quilombolas nestes encontros. Além de compartilharem a experiência, ficou pactuada a importância de manter a conexão com os outros grupos de mulheres negras

da Bahia, para a luta maior das mulheres negras, que compreende a busca pelo bem viver da sociedade.

Sobre as ações, destacamos a realização das oficinas e reuniões locais para formação e mobilização periódicas, e a necessidade de melhoria na gestão dos grupos e coletivos como grande preocupação das lideranças.

O debate sobre identidade quilombolas retornou com demanda especificada da comunidade de pimenteira que está com a associação desarticulada.

E a realização de momento de sensibilização e oficina de formação com os homens a partir do grupo que atuou na feira agroecológica das mulheres.

Além da feira anual de outubro, será realizada uma edição junina, organizada e promovida pelas próprias lideranças.

Estiveram presentes 15 mulheres de 10 comunidades, sendo 4 comunidades quilombolas.

 

Neste ano, especificamente em abril, KOINONIA celebra 25 anos de existência. Anos de muita luta por direitos, desafios e também de alegrias. Conheça KOINONIA.

Fotos: Ivana Flores