#ActuandoUnidas: 16 dias compartilhando práticas de organizações com base na fé para colocar fim à violência contra mulheres e meninas

Os membros de ACT Aliança na América Latina e Caribe lançaram no dia 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra Mulher, a campanha local e regional Actuando Unidas pela Justiça de Gênero. Esta iniciativa promoverá durante 16 dias, o intercâmbio e visibilidade de experiências de igrejas e organizações com base na fé (OBF), desenvolvidas em nível local e regional, ações para a superação das violências contra as mulheres e meninas na América Latina e Caribe, terceira região em maiores índices de feminicídios no mundo.

Mais de 20 igrejas e OBF compartilharam iniciativas que levam adiante na Guatemala, El Salvador, Nicarágua, Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai, Brasil, Uruguai, Cuba e Argentina e que estão ligadas as estratégias, ferramentas e metodologias para propiciar políticas públicas, ambientes saudáveis e mecanismos coletivos para o respeito, a inclusão e acolhida de meninas e mulheres afro descendentes, indígenas, lésbicas, trans, mulheres que vivem no campo e na cidade, que são líderes em comunidades de fé e movimentos e organizações sociais da América Latina e do Caribe. Todas estas experiências serão compartilhadas em comunidades eclesiais, Fóruns de ACT Aliança e redes sociais, com o hashtag #ActuandoUnidas e estão atualmente disponíveis para consulta em um mapa de experiências que se pode ver neste link: http://bit.ly/2ANooLV

Durante os 16 dias de campanha se realizará uma pesquisa para definir os temas afins a serem desenvolvidos em jornadas de intercâmbio de aprendizagem, através de seminários na web, com todos os interessados em aprofundar sobre as experiências compartilhadas entre 25 de novembro e 10 de dezembro. No último dia da campanha compartilharemos uma declaração, documento, que recolherá as aprendizagens mais relevantes deste intercâmbio e um recurso com publicações e ferramentas que serão compiladas durante esses 16 dias.

Esta campanha é promovida pela Comunidade de Prática em Gênero de ACT Aliança na América Latina e Caribe, grupo formado por especialistas em gênero e responsáveis de programas e projetos nas organizações com base na fé, formado em setembro de 2017, que através da prática e da reflexão desde uma perspectiva de fé, se propõe a animar o fortalecimento de capacidades, a produção de conhecimento e a incidência pública para alcançar igualdade de gênero e empoderamento de mulheres e meninas, como estabelece o objetivo do desenvolvimento sustentável 5 da agenda 2030, nas comunidades de fé e na sociedade civil, em consonância com a política de gênero da coalizão ACT Aliança.

ACT Aliança é uma coalizão de 140 igrejas e organizações afiliadas que trabalham juntas em mais de 142 países para criar uma mudança positiva e sustentável na vida dos pobres e dos marginalizados, independentemente de religião, política, sexo, orientação sexual, raça ou nacionalidade.

Membros Fóruns de ACT na América Latina: Diakonia América Latina, Federação Luterana Mundial América Central e Perú, Centro Regional Ecumênico de Assessoria e Serviço – CREAS, KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço – Brasil, Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC, Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE, Brasil, Fundação Luterana de Diaconia – FLD, Brasil, Diaconia Promoção e Defesa de Direitos, Brasil, Centro Intereclesial de Estudos Teológicos e Sociais – CIEETS, Christian Aid América Latina e Caribe, Conselho Ecumênico de Guatemala, Centro Evangélico de Estudos Pastorais na América Latina – CEDEPCA, Associação Cristã de Educação e Desenvolvimento Alfalit, Conselho Latino Americano de Igrejas – CLAI, Conselho de Igrejas de Cuba, Comissão de Ação Social Menonita, entre outras.